quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Qual o modelo de biquíni que mais combina com o meu tipo de corpo???

Essa é uma dúvida que nós mulheres enfrentamos toda vez que nos colocamos a comprar biquínis. Muitas coisas provocam-na, mas a principal das causas é a insegurança. Uma vez que cada mulher tem um diferente formato de corpo, com diferentes medidas e curvas, eu sou contra querermos seguir uma tendência quanto a modelos (leia-se cortes) dos biquínis sem levar em conta nosso corpo. Na minha opinião devem, sim, existir as tendências quanto a cortes, estampas, alguns detalhes, mas temos sempre que consultar nosso bom senso e nossa auto-estima antes de qualquer compra, independente do que está em alta ou não. Afinal, não é toda mulher que se sente bem e feliz com qualquer tipo de biquíni; pelo contrário, isso é raro.
Andei procurando pela internet e lendo em algumas revistas e reuni algumas dicas para dar a vocês, minhas leitoras, para evitar que sofram com essa dúvida e que se sintam mal ou se arrependam depois da compra feita.

Antes de começar a falar dos modelos, é preciso conhecer o nosso formato de corpo.


Depois de indentificar qual é o formato do seu corpo, não tem muito segredo. As dicas são muito simples e fáceis de serem "aplicadas", mas fazem toda a diferença.
A principal dica, para qualquer um dos tipos de corpo é: tentar harmonizar as medidas.

Corpo Pêra (Ombros estreitos e quadril largo): quem tem esse tipo de corpo deve procurar aumentar a parte de cima utilizando babados, estampas ou listras horizontais. Ao mesmo tempo em que procura aumentar a parte de cima, é necessário ficar atento para nao aumentar também a parte de baixo, que deve ser mantida ou diminuída. Para ter a impressão de que o quadril foi reduzido, a dica é usar calcinhas mais largas e retas, com cores mais discretas e sem estampas.

Corpo Ampulheta (Ombros e quadril em equilíbrio, mas com cintura fina): este é o corpo mais fácil de dar certo com qualquer tipo de biquíni. Ainda assim, é necessário tomar alguns cuidados para não acabar favorecendo o quadril e desfavorecendo o busto, ou vice-versa. Quem tem esse formato de corpo pode usar e abusar dos maiôs e biquínis mais diversos, procurando sempre biquínis que tenham a parte de cima e a de baixo com a mesma estampa ou os mesmos detalhes, evitando a perda do equílibrio.

Corpo Retangular (Ombro, cintura e quadril com as mesmas dimensões): nesse tipo de corpo, é necessário que o biquíni ou o maiô crie curvas. Portanto, uma boa escolha é o maiô do modelo engana-mamãe, que afina a cintura e cria volume no busto e no quadril. Se optar por biquíni, o de top frente única é uma boa pedida pois alonga a silhueta e cria curvas se usado com uma calcinha mais estreita e amarrada nas laterais.

Corpo Triangular (Ombro largo e quadril estreito): o ideal para esse tipo de corpo é usar biquínis ou maiôs com alças cruzadas em X nas costas ou maiôs com um ombro só, pois ambos dão a impressão de diminuir os ombros. Abuse de texturas na parte de baixo. Como calcinhas listradas horizontalmente, babados, amarrações laterais.

Corpo Oval (Ombro e quadril estreitos e cintura larga): o ideal para quem tem corpo oval, é usar maiô com decote V, pois ele cria linhas que dão uma leve alongada na silhueta por aumentarem a área do pescoço. Se optar por um biquíni, procure um em que a calcinha seja mais alta nas laterais, o que disfarça a barriguinha. Linhas verticais também ajudam a alongar a silhueta. Uma boa combinação é aquele biquíni em que a parte de baixo tem as laterais mais largas ou dobradas (pois disfarçam a barriga) aliado ao soutien de cortininha de alça larga (para equilibrar a silhueta). Invista em cores escuras (neutras), sejam em estampas pequenas ou peças lisas.

Acima do peso??? Com aquela barriguinha indesejada???
Para diminuí-la é preciso desviar o olhar com detalhes transpassados ou listras, e com uma calcinha um pouco mais alta (estilo Marilyn Monroe).
O sunquini (também chamado de "hot pants"), ou calcinha com laterais largas é o ideal.
O top precisa ter alça mais larga para ser proporcional à parte de baixo.
Nada de abusar de cavas ou de arriscar um fio-dental. As cavas devem ser mais discretas, cobrindo as nádegas.

Resumindo as dicas:
1-Chamar a atenção para o local em que está "faltando" alguma coisa e disfarçar o que está "sobrando". Ou seja, se tem pouco bumbum, evidencie-o, abuse de babados, estampas grandes e listras, deixando a parte de cima neutra, lisa. Se tem pouco seio, chame a atenção para a parte de cima e deixe a parte de baixo discreta.

2-Evitar tudo o que aperte e crie saliências.

3-Nada de cortininhas fechadas. Seja você macérrima ou gordinha, não existe coisa mais brega do que cortininhas fechadas.

4-Muito cuidado com o famoso fio-dental. É preciso estar com o corpo BEM em dia para usufruir desse modelo.

Espero que tenha lhes ajudado!!!
Beijos, até a próxima!!!

2 comentários:

  1. Adorei o post! Ficou ótimo e super explicadinho.

    Beijos, Dry
    http://www.heyohdry.wordpress.com

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...